Giorgio de Chirico. A canção de amor, 1914.

dyn008original423520pjpeg26469670f96d468e7e6322d4292460ff8133132

Figura 53. Giorgio de Chirico. Les Délices du poète (A canção de amor), 1914. Óleo sobre tela, 73 x 60 cm. Acervo The Museum of Modern Art, Nova York; legado de Nelson A. Rockefeller, 1979. (Foto)

linha-divisoria

Fonte: FER, Briony. BATCHELOR, David. WOOD, Paul.“Essa liberdade e essa ordem: a arte na França após a primeira guerra mundial”, in: Realismo, Racionalismo, Surrealismo: A arte no entre-guerras. Cosac & Naify Edições, 1998.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s