2012

VIVAS, Rodrigo. A curadoria como História da Arte aspectos da escrita da História da Arte em Belo Horizonte. VIII EHA – Encontro de História da Arte – 2012 , p. 582-589


 

VIVAS, Rodrigo. Os Salões Municipais de Belas Artes e o acervo do Museu de Arte da Pampulha. Anais do XXXII Colóquio do Comitê Brasileiro de História da Arte / Organização: Maria de Fátima Morethy Couto, Ana Maria Tavares Cavalcanti e Marize Malta – Campinas: Comitê Brasileiro de História da Arte – CBHA, Brasília: UNB, 2012, p. 333-350

RESUMO:

O objetivo deste texto é o estudo das pinturas premiadas nos Salões Municipais de Belas Artes de Belo Horizonte no período de 1964 à 1970. Especificamente em Belo Horizonte as obras premiadas na categoria “prêmio de aquisição” passaram a fazer parte do acervo do Museu de Arte da Pampulha. Na década de 1960, os Salões Municipais de Belas Artes abandonam a estrutura regional e passam a contar com a participação de artistas e críticos fundamentalmente do Rio de Janeiro e São Paulo o que possibilitou um debate público sobre os destinos da arte moderna e contemporânea.


 

SANTOS, Nelyane Gonçalves. Revisitando polêmicas da história da arte em Belo Horizonte nos Salões Municipais de Belas Artes de 1964 a 1968. VIII EHA – Encontro de História da Arte – 2012, p. 491-499

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s